quinta-feira, agosto 30, 2007

Matéria de hoje em O GLOBO, sobre "Satori Uso"

Curta de Londrina foi o único ganhador fora de uma capital

Publicada em 30/08/2007 às 18h46m

Christina Fuscaldo - O Globo Online

Rodrigo Grota / Divulgação

RIO - Com um tema nada voltado para adolescentes, o diretor Rodrigo Grota, de 27 anos, levou dois kikitos em Gramado por "Satori Uso", entre eles "Prêmio da Crítica". O filme fala sobre sentimentos do poeta Satori Uso, personagem que teria passado por Londrina na década de 50, segundo Rodrigo Garcia Lopes, poeta que o inventou na década de 80. Rodado em câmera HDV, o curta levou vantagem ao ganhar o prêmio pela "Fotografia".

- Concorremos com vários filmes rodados em 35mm e ganhamos fotografia. É por isso que não quero filmar em película... No formato digital, você abre mais o leque de possibilidades - conta Rodrigo Grota.

"Satori Uso" foi o único curta de uma cidade que não é capital premiado no festival. O filme de Londrina (PR) estará em cartaz dentro da mostra competitiva do Festival do Rio, que começa em setembro. Acumulados em seu currículo, Rodrigo Grota tinha três outros curtas, "Londrina em três movimentos" e "Inimigo público nº1" e "O quinto postulado". O paranaense está finalizando "Booker Pittman", que, junto com "Satori Uso", fará parte da "Trilogia do esquecimento".

- Minha idéia é fazer filmes sobre três personagens dos anos 50. O segundo é o Booker Pittman, o pai da cantora Eliana Pittman, que fez muito sucesso nos anos 50. O filme conta a história da passagem dele por Londrina, na época em que ele tocava em puteiros de luxo. O terceiro, "Pausa para a neblina" será sobre o fotógrafo Haruo Ohara, que fez 11 mil fotos de Londrina na década de 40.

Os outros consagrados no Festival de Cinema de Gramado foram Marcos DeBrito por "O.D Overdose Digital" (melhor ator para Francisco Gaspar), Silvera e Beto Carminatti por "Balada do vampiro" (kikitos de diretor de arte e música). Os traillers de grande parte dos curtas-metragens estão disponíveis no Youtube.


2 comentários:

carlos disse...

suas entrevistas com snyder, ginsberg e burroughs estão disponíveis? gostaria muito de encontrá-las. abraço.

Estúdio Realidade disse...

As com Ginsberg e Burroughs estao no livro Vozes e Visoes, da Iluminuras, 1996. A com Snyder ainda nao foi editada.
um abraço