sexta-feira, maio 15, 2009

SATORI USO é eleito melhor curta de ficção no Arraial Cine Fest 2009

O curta londrinense SATORI USO, uma realização da KINOARTE com patrocínio da Prefeitura de Londrina, foi eleito o Melhor Filme de Ficção, de curta duração, no 3º Arraial Cine Fest, festival realizado nas cidades de Arraial D’Ajuda e Porto Seguro, na Bahia, entre 4 e 17 de abril de 2009. SATORI USO, inspirado na obra de Rodrigo Garcia Lopes, que inventou o personagem e sua biografia e também co-escreveu o roteiro, é um falso documentário sobre um poeta que não existiu, apresentado por um cineasta imaginário. O filme integra o projeto Curta Petrobras às Seis, estando em cartaz atualmente no Cinemark Midway Mall Natal, em Natal (RN), até o próximo dia 19. SATORI USO já recebeu os prêmios de Melhor Filme (Crítica), Melhor Fotografia (Júri Oficial) e de Aquisição do Canal Brasil no 35º Festival de Cinema de Gramado, Melhor Filme e Melhor Fotografia no FAM 2008; Melhor Filme no 15º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá, Melhor Fotografia (Júri Popular) no 5º Festival de Cinema de Maringá, Melhor Fotografia (júri oficial) no Festival Primeiro Plano 2008, Melhor Direção de Arte (para José de Aguiar) no 7º Santa Maria Vídeo e Cinema, Prêmio ABC de Melhor Fotografia para Curta-Metragem, Melhor Roteiro no 6º Curta Santos, além de Menção Honrosa no 14th International Short Film Festival in Drama, na Grécia, no Curta Cinema 2007 – Festival Internacional de Curtas Metragens do Rio de Janeiro e na IV Mostra Curta Pará Cine Brasil. Comercializado com o Canal Brasl (com exibições entre agosto de 2008 e julho de 2010), SATORI USO também foi exibido pelo programa Zoom da TV Cultura (SP), e está disponível em DVD pelo projeto Programadora Brasil, do Minc. Mais informações pelo e-mail: kinoarte@gmail.com

Um comentário:

Júlia Eleguida disse...

parabéns, o curta é belissímo. de uma poética pungente. a fotografia tão cuidadosa, na persepção dos detalhes. lembro de que quando vi, acreditei que ele realmente havia existido. entrei no google para procurar sua obra e cheguei a este blogue que agora acompanho.

abraços