terça-feira, junho 21, 2011

DEFININDO A MAGIA (Charles Bukowski traduzido por Rodrigo Garcia Lopes)





um bom poema é como uma cerveja gelada
quando você está mais a fim,
um bom poema é um sanduíche de presunto, quando você está
faminto,
um bom poema é uma arma quando
os bandidos te cercam,
um bom poema é algo que
te permite andar pelas ruas
da morte,
um bom poema pode fazer a morte
derreter feito manteiga,
um bom poema pode enquadrar a agonia e
pendurá-la na parede,
um bom poema pode fazer seu pé tocar
a China,
um bom poema pode fazer você cumprimentar
Mozart,
um bom poema permite você competir
com o diabo
e ganhar,
um bom poema pode quase tudo,
isso sem dizer que
um bom poema sabe quando
parar.







Charles Bukowski
Tradução: Rodrigo Garcia Lopes

Um comentário:

silvioafonso disse...

.


Eu não tenho coração mole, mas me
encanta essa simplicidade e esta
harmonia entre as cores.
Tenho no lado esquerdo, no alto da
minha página um selinho pra você.
É singelo, mas é de coração. Estou,
inclusive seguindo o seu blog, por
amor, puro.

silvioafonso
Siga o meu também, vai.





.