segunda-feira, dezembro 10, 2007

A TEMPESTADE

Detalhe do quadro "Cena de A Tempestade de Shakespeare, de William Hogarth


Canibal, palavra latina,

à maneira de canis, animal

de fidelidade canina.


Nas Bermudas, sublime ironia,

será um vento do cão

e vai se chamar hurracán.


E quando o mar de lã

de repente apontar terra à vista

Então será Caliban.



Rodrigo Garcia Lopes (de Visibilia, Travessa dos Editores, 2005)

.

Um comentário:

Fernanda Magalhães disse...

Oi Rodrigo,
tudo bem por aí? E o frio?

Eu gosto muito de seu blog, sempre venho aqui.
Vá ao meu blog, tenho uma surpresa para você lá.

Beijos